sábado, 9 de agosto de 2014

Bobó de Camarão













Por esta época o aipim (mandioca, macaxeira) desmancha. Não é preciso pressão para cozinhá-lo. Nestes dias preparei-o só na água e sal, servindo-o com manteiga. Há uma pequena produtora rural que vai ao meu trabalho oferecendo o produto. Tenho comprado sempre, o que acabou por me dar a idéia de preparar o famoso bobó. Havia tempos não preparava o bobó de camarão, justamente por não encontrar aipim de qualidade.


Ingredientes:

2 kg de aipim;
1 kg de camarões cinza limpos e descascados;
2 tomates;
1 pimentão verde;
1 pimentão amarelo;
1 pimentão vermelho;
5 dentes de alho;
1 cebola grande;
1 maço de coentro;
200 ml de leite de côco;
3 colheres de sopa de azeite de dendê;
3 colheres de sopa de azeite de oliva;
Sal a gosto;
Pimenta do reino a gosto;
Suco de 2 limões.

Modo de Preparar:

Descasque os aipins e leve-os a cozinhar com água e sal até ficarem bem macios. Deixe esfriar um pouco;
Tempere os camarões com o suco de limão e pimenta do reino, deixando marinar por 20 minutos;
Passe os aipins pelo espremedor de batatas, retirando os fiapos internos;
Em uma panela grande, refogue em azeite de oliva, a cebola picada e os alhos, até dourarem;
Acrescente os camarões, salteando-os;
Acrescente os tomates e os pimentões cortados em cubinhos;
Corrija de sal;
Acrescente o leite de côco o azeite de dendê e deixe cozinhar por 10 minutos;
Acrescente o purê feito com o aipim, mexendo sempre até engrossar.

Sirva com arroz branco e pimenta malagueta.

sábado, 2 de agosto de 2014

Frango ao Molho de Mostarda e Catupiry




Ingredientes:

600 g de coxas e sobrecoxas desossadas e sem pele;
2 colheres de sopa de vinagre de maça;
2 colheres de sopa de margarina;
1 cebola grande
3 dentes de alho;
100 g de queijo catupiry (ou requeijão cremoso);
5 colheres de sopa de mostarda dijon;
1 colher se sobremesa de cúrcuma.
Sal e pimenta do reino à gosto.

Modo de Preparar:

Tempere os frangos com sal, alho, vinagre e pimenta do reino;
Reserve por 1 hora;
Doure o alho e as cebolas em manteiga
Corte o frango em pedaços médios;
Refogue o frango até que estejam bem dourados;
Cozinhe-o por 30 minutos da própria água que dele se desprende;
(se necessário acrescente água);
Corrija o sal;
Quando estiver cozido, acrescente a mostarda e o catupiry;
Quando o queijo derreter, desligue e sirva.
Bom Apetite!

domingo, 6 de julho de 2014

Tripa Lombeira






Meu pai preparava uma tripa lombeira de se tirar o chapéu. Recentemente procurei na Internet alguma receita e só encontrei a da saudosa Dona Zica, da Mangueira, que foi casada por muitos anos com o mestre Cartola. É o que mais se aproxima daquilo que meu pai fazia nas manhãs de domingos distantes e que aqui tentei reproduzir.

Ingredientes:

1 1/2 kg de bucho (dobrada, dobradinha)
400g de costela
400g de lombo
1/2 kg de batata inglesa
 2  cenouras
 2 Paios
100g de azeitonas verdes
4 tomates
4 limões
2 colheres de chá de pimenta do reino em pó
1/2 kg de feijão branco
2 cebolas
4 dentes de alho
2 folhas de louro


Modo de Preparar:
Lavar a dobradinha com água e limão
e cozinhar a dobradinha na panela de pressão com água,
pimenta do reino, sal e louro por uma hora ou até ficar
macia.
Cortar a dobradinha em tiras e reservar.
Cozinhar o feijão à parte e reservar.
Cortar e escaldar o lombo, o paio e a costela até
retirar o sal.
Aquecer o óleo, dourar as cebolas e o alho, Juntar os
tomates, os salgados e refogar.
Acrescentar água e deixar ferver.
Juntar a dobradinha, as cenouras cortadas em meia lua,
as batatas em corte sauté, as azeitonas, a salsa e o
feijão já cozido.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Pastéis Folhados de Gorgonzola e Ricota






Ingredientes:

Massa folhada (1 caixa de 500g);
1 cebola média picadinha;
50 g de queijo gorgonzola
50 g de ricota fresca;
pimenta do reino à gosto;
1 pitada de noz moscada em pó.
Manteiga para untar o tabuleiro.

Modo de Preparar:

Retire a massa do congelador 25 minutos antes de usar;
Estique-a sobre uma tábua untada com farinha de trigo;
Em um prato, amasse com um garfo o gorgonzola, a ricota e a cebola;
adicione a noz moscada e a pimenta do reino;
Pode-se usar processador.
Corte a massa em triângulos ou da maneira que preferir;
Recheie com os queijos e feche a massa, pincelando as bordas com água;
Feche os pastéis;
Pincele-os com gema de ovo.
Leve ao forno até a massa crescer e dourar.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Batatas Assadas ao Alecrim




Ingredientes (para 6 pessoas)

6 batatas grandes lavadas e com a casca;
4 colheres de sopa de manteiga;
1 colher de sopa de azeite de oliva;
1 raminho de alecrim;
sal;
pimenta branca moída.
queijo parmesão ralado.

Modo de Preparar:

Cozinhe as batatas em água e sal até estarem "al dente", isto é, mais para duras do que para macias;
Deixe esfriar;
Com uma faca afiada fatie as batatas finamente, não por completo, apenas 90%, deixando 10% delas presas ao corpo;
arrume-as numa assadeira;
derreta a manteiga juntamente com o alecrim e uma colher de azeite, para que a manteiga não queime;
regue as batatas com a manteiga e o alecrim;
tempere com a pimenta e salpique o queijo parmesão;
Corrija o sal, se necessário;
leve ao forno por 30 minutos ou até que estejam macias e douradas.

domingo, 13 de abril de 2014

Tucunaré na Folha de Bananeira













Um amigo meu foi pescar em Goiás. Não preciso dizer que fiquei com uma baita inveja, pois um programão desses não é sempre que se pode fazer. De lá trouxe um isopor repleto de peixes: tucunarés, traíras, peixes-palmito, dourados, pintados, uma festa. Coube a mim um tucunaré de dois quilos e meio que preparei da maneira indígena, na folha de bananeira, como explico a seguir:

Ingredientes:

1 tucunaré inteiro escamado e eviscerado;
4 tomates maduros;
100 ml de leite de côco;
1 ramo de coentro;
4 pimentões verdes;
pimenta do reino à gosto;
sal à gosto;
1 cálice de vinho branco seco;
2 limões;
5 dentes de alho amassados;
100 ml de molho de tomate;
1 folha de bananeira;
50 ml de azeite de oliva.


Modo de Preparar:

Faça semi-cortes em ambos os lados do tucunaré;
Deposite em uma bacia e tempere com os alhos, sal, coentro picado, pimenta e o suco dos limões;
Deixe marinar por 30 minutos;
Corte os tomates e os pimentões em rodelas;
Forre uma assadeira com folha de bananeira;
deposite alí o peixe com a marinada;
acrescente por cima do peixe o leite de côco e o molho de tomate;
adicione nas laterais os tomates e os pimentões;
adicione o vinho;
tampe tudo com outra folha de bananeira;
leve ao forno para assar por 30 minutos;
retire a cobertura de folha de bananeira e asse mais 20 minutos;
Sirva com pirão de peixe ou farofa de azeite de dendê.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Hommus


Esta pasta tradicional árabe/síria/libanesa, é um pouco trabalhosa de se fazer, mas o resultado é sempre uma boa entrada.

Ingredientes:

500 g de grão de bico;
1 colher de sopa de tajine (pasta de gergelim);
suco de 2 limões;
4 dentes de alho;
100 ml de caldo do cozimento do grão de bico;
um pequeno punhado de folhas de hortelã (ou salsinha ou cebolinha);
azeite de oliva (o quanto baste);
sal e pimenta do reino à gosto.


Modo de Preparar:

Cozinhe o grão de bico em água e sal até que estejam muito macios (20 minutos em pressão);
Retire as pelas uma a uma (beliscando o "bico");
Leve ao liquidificador com a água do cozimento e os demais ingredientes;
Incorpore aos poucos o azeite de oliva à gosto;
Sírva com pão sírio.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Moussaka






Este é um prato genuínamente grego. Algumas pessoas aqui no Brasil o fazem de forma diferente. Uns utilizam batatas e berinjelas, outras abobrinha e berinjela, e por aí vai. Muito substitui-se a original receita com carne de cordeiro moída por carne de vaca, dada a dificuldade de se obter aquele gênero por essas bandas.
Utilizei berinjela, batatas e carne moída de vitela, carregada no orégano e hortelã. Foi um sucesso.


Ingredientes (para 6 pessoas):

3 berinjelas grandes, cortadas longitudinalmente, na espessura de meio a um centímetro;
4 batatas grandes, descascadas e cortadas também longitudinalmente, na mesma espessura;
500 g de carne de cordeiro moída ou picada em pedaços bem pequenos;
5 colheres de sopa de azeite extra-virgem;
3 tomates muito maduros;
1/2 molho de hortelã
2 colheres de sopa de orégano seco;
1 cebola grande;
suco de 1 limão;
3 dentes de alho;
500 g de queijo tipo muzzarela;
1 caixinha de molho de tomate ( ou prepare um bom sugo);
1/2 litro de molho bechamel (manteiga, trigo, cebola, nóz moscada moída, leite);
Queijo parmesão à gosto para gratinar.


Corte as berinjelas e deixe-as de molho em uma mistura de água e suco de 1 limão;
Após 20 minutos, retire-as, seque-as com um pano e frite-as, reservando-as;
Corte as batatas e cozinhe-as até estarem al dente. Reserve-as;
Em uma panela, refogue cebola e alho em azeite;
Coloque a carne moída, tempere de sal;
Adicione os tomates cortados e cozinhe-os com a carne;
Faça com que a carne fique sequinha;
Acrescente o molho sugo o orégano e a hortelã picada;
Deixe cozinhar por 20 minutos;
Prepare então o molho bechamel do modo tradicional.
Em um refratário, monte a Moussaka da seguinte forma:
Primeiro uma camada de bechamel;
Em seguida, uma camada de berinjela;
Após, molho de tomate e carne;
Batatas e queijo muzarela;
Repita a operação até cobrir todo o refratário;
Finalize com bechamel e por último muzzarela;
Salpique com orégano e parmezão ralado e decore com manjericão fresco.
Leve ao forno alto por 20 minutos;
Para acompanhar, sirva uma salada verde (Usei alface americana, rúcula e tomates-cereja).





sábado, 9 de novembro de 2013

Marreco Normando










Esta ave é realmente especial, mais uma vez me delicio com seu sabor suave e adocicado, carne que aprecio muito. Misturei detalhes de receitas chinesas e alemãs e deu muito certo. Servi à moda Normanda, com repolho roxo. Um sucesso.

Ingredientes:

1 marreco inteiro e limpo, com aproximadamente 2 kg;
miúdos do marreco para o recheio;
sal;
1 cabeça de alho;
1 laranja;
200 ml de molho shoyu;
100 g de gengibre cortado em fatias finas;
1 salsão (aipo);
1 colher de sopa de açúcar mascavo;
200 ml de água;
2 limões;
1 cebola grande picada;
1 maço de cheiro verde picado;
200 g de farinha de rosca;
2 colheres de sopa de azeite;
pimenta do reino à gosto.

Modo de Preparar

Limpe bem o marreco, esfregando limão em seu interior;
coloque para marinar em alho, água, gengibre fatiado, shoyu, açúcar, aipo e suco de laranja por 12 horas na geladeira;
com a farinha de rosaca, cebola, cheiro verde e miúdos prepare uma deliciosa farofa e recheie o marreco;
coloque o marreco em uma assadeira com todo o líquido da marinada;
tempere de sal e pimenta;
asse em fogo baixo por 3 horas ou até que esteja macio, regando com o líquido da marinada de 15 em 15 minutos;
Sirva com repolho roxo cozido em água, sal e refogado em alho.

domingo, 27 de outubro de 2013

Concurso Tiendeo de Culinária / Maxixada do Joca













Posto esta receita para participar da 2a edição do Concurso Tiendeo de Culinária "Receitas de Temporada". Vale à pena uma visita ao site http://www.tiendeo.com.br/rio-de-janeiro

Maxixe é uma leguminosa proveniente da África que adaptou-se muito bem ao solo nordestino. Dá-se bem com o clima quente, por isso, nas regiões mais amenas aparece no verão. Parece um pequeno pepino cheio de espinhos macios. Tem sabor e personalidade fortes. Muita gente o rejeita pelo aspecto, mas posso assegurar que é uma delícia, e está na época!


Ingredientes:

1 kg de maxixes;
1 kg de charque (carne-seca);
2 tomates sem pele e sem sementes;
1 cebola grande picada;
1 colher de sobremesa de colorífico (urucum);
1 caixinha de creme de leite;
1/2 colher de cafézinho de cominho em pó;
cebolinha picada;
sal á gosto;
1 pimenta dedo-de-moça picadinha;
azeite de oliva;
água para o cozimento;

Modo de Preparar:


Dessalgue a carne-seca de um dia para o outro, trocando a água com frequência;
Em uma panela de pressão, cozinhe a carne-seca por 30 minutos até que esteja macia. Reserve.
Prepare um refogado com o azeite, a cebola, o colorau e a pimenta. Deite os maxixes fatiados;
Mexa para que ganhe cor;
acrescente os tomates picados, mexendo sempre para amolecer;
cubra com água e cozinhe até que fiquem macios;
Acerte o sal, dependendo do sal que ainda esteja na carne, talvez nem seja necessário;
Adicione a carne-seca e tape a panela, cozinhando por mais 10 minutos;
acrescente o creme de leite (fica perfeito também com leite de côco);
salpique com cebolinha e sirva com arroz branco (utilizei arroz cozido no caldo do maxixe).

Um abraço