terça-feira, 9 de novembro de 2010

Risoto de Cogumelos Paris Frescos





Moro em uma região montanhosa, praticamente um vale, cercado por verde de todos os lados. Lugar propício para o cultivo de cogumelos dos mais variados, além de trutas, scargots, palmitos, rãs, produtos orgânicos, enfim... as melhores delícias gastronômicas são encontradas am Itaipava e arredores. Não é por outro motivo que instalou-se na região outra edição do Petrópolis Gourmet, festival gastronômico que mobiliza todos os restaurantes da localidade e oferece em seu amplo centro instalado ao lado do Hortomercado Municipal, oficinas sobre os mais diversos assuntos ligados à gastronomia e vinhos. Vale à pena conferir a programação no site http://petrópolisgourmet.com.br/.

Esses Cogumelos Paris comprei no Hortomercado Municipal. Levei também uns shitakes, que muito aprecio. São saborosos, suculentos e de um tamanho invejável. 

Ingredientes:

100 g de Cogumelos Paris frescos;
azeite de oliva q.b.
50 ml de molho de soja;
2 colheres de sopa de manteiga sem sal;
1 cebola ralada;
3 dentes de alho esmagados;
1 xícara de arroz para risotos italianos Carnaroli
50 ml de vinho branco seco;
300 ml de caldo de galinha ou legumes;
1 maço de nirá.

Modo de Preparar

Rale a cebola e lamine o alho, dourando-os levemente em azeite;
acrescente o arroz e deixe fritando por 2 minutos;
adicione os cogumelos fatiados, o vinho e mexa bastante;
acrescente o molho de soja, mexendo sempre;
adicione caldo de galinha sempre que estiver secando;
para finalizar adicione a manteiga e o nirá picadinho.



14 comentários:

  1. Que espetáculo esse prato...Muito bem feito
    Deu água na boca.

    Jana
    http://janainamechi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Uauu! Que delícia! Adoro essa cor que os cogumelos frescos dão aos pratos.
    Ficou divino!!!
    Abçs
    Tatiana

    ResponderExcluir
  3. Oi João...que bom que gostou da cura das panelas...Pode fazer sem medo que dá certo...Pelo menos as minhas panelas de pedra ainda estão inteiras...rsrs

    Abços
    Jana

    ResponderExcluir
  4. Fala a verdade, né...esses cogumelos são maravilhosos, como a Tati disse a cor é incrível e o brilho nem se fala!
    Ficou show de bola seu risoto!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  5. Depois de ver por aqui alguns risottos tão agradáveis e como nunca fiz nem comi, estou deveras tentada em experimentar...está divino
    beijinho

    ResponderExcluir
  6. que maravilha João!!!!..conheço Itaipava e Petropolis tambem..e sei que ai tem tudo de bom sobre gastronomia..mas..êse seu risoto tá lindo!!!!amei..parabens...

    ResponderExcluir
  7. Se existe uma coisa que eu realmente gosto, essa coisa é Risoto. Esse seu parece delicioso.
    Nira ?? Uma espécie de cebolinha ??
    Um abraço, João Mario !!

    ResponderExcluir
  8. Vem participar no “ Secret Santa Claus 2010 “, conto contigo.
    http://casaescorpiao.blogspot.com/2010/11/secret-santa-claus-2010.html
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Acho legal essa sorte - ou escolha!, de viver rodeado do que se gosta. Eu gosto de tudo, rs, entao pra mim sai uma meia-mentira quando eu digo que adoro viver aqui pq compro cogumelos frescos muito baratos em todo lugar. Pagar 30 Euro no kg da carne seca, e nao ter meu riozinho Miranda pra pescar é ainda bem complicado...rsrs.
    Mas pelo sim, pelo nannnn... saudade, nós, cozinheiros de coracao, nos alegramos também com as frutas da estacao.
    (E eu confesso, num surto de bipolaridade eufórica: realmente adoro viver cercada pelos "paris" fresquinhos, rsrs)
    Seu risoto está mesmo com uma cor linda. E o sabor eu posso bem imaginar... Uma pena que nossos vales nao sao vizinhos, rsrs.
    Beijos,
    Tata

    ResponderExcluir
  10. E ah! Por coincidência meu post de hoje tb tem os champignons como estrela!:)
    Bjoca,

    ResponderExcluir
  11. Ficou com uma cara ótima! Adorei a cor! Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Receita maravilhosa, hummmmmmm!!

    andreaquitutes.blogspot.com/

    bjinhos, Andréa...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo, obrigado pela visita e... volte sempre!