domingo, 29 de novembro de 2009

Creme de Abóbora com Carne-Seca, ou Jerimum com Jabá...


 








O Brasil é diverso e vário em sua culinária, mas em geral com as mesmas fortes raízes. Indígena, negra, imigrante e portuguesa... sou curioso em história e carrego comigo alguns bons livros muito, muito antigos em que se relatam os hábitos primordiais de alimentação do nativo, caboclo, cafuzo, mameluco, imigrante, negro preso, depois livre, enfim, do verdadeiro brasileiro. Em todos, sem exceção, figura um personagem humilde, porém ilustre, a carne-seca. No sul, chamado charque, no sudeste, carne-seca, no norte e nordeste, jabá, ou carne-velha. Acompanhante fiel dos tropeiros, desbravadores do interior, bandeirantes, na companhia da farinha de mandioca e de uma leguminosa típica dessas terras e com imenso número de espécies e variantes: a abóbora, jerimum, moranga...

Vai aqui um creminho que gosto muito de fazer em dias frios e de aconchego, inspirado em nossos ancestrais.

Ingredientes:
1 kg de abóbora descascadas e cortadas em cubos;
1 cebola grande;
2 dentes de alho;
500 g de carne-seca dessalgada, cozida e desfiada;
50 g de bacon em tiras;
Sal;
pimenta do reino branca à gosto;
20 ml de azeite;
1/2 maço de cebolinha verde;
1 litro de água.

Modo de Fazer:

Cozinhe a abóbora em água até que fique macia;
passe pelo liquidificador com a própria água do cozimento;
Refogue em azeite o bacon em tiras, a cebola ralada e o alho, até que dourem;
junte a carne-seca desfiada e já cozida e mexa até que pegue cor;
junte o creme de abóbora passado pelo liquidificador;
cozinhe por 20 minutos para que os gostos se incorporem;
adicione sal e pimenta do reino à gosto;
pique a cebolinha e joque por cima (na foto pus manjericão);
sirva bem quente, com torradinhas e veja um bom filme.

Até a próxima.




10 comentários:

  1. João, obrigado pela sua visita.
    Já fui espreitar a sua Moussaka que também parece delíciosa!
    Vou aproveitar para conhecer melhor o seu blog.
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Ola, este creme me deixa com água na boca. Por aqui gostamos muito de abóbora, e como já começou a nevar, este cremezinho cai muito bem numa noite fria. Já cheira a natal, heheee.
    Bjocas e uma boa semana

    ResponderExcluir
  3. Deve ser1 creme bem saboroso....tem aspecto disso!!!! gostei mto!! beijokas

    ResponderExcluir
  4. Hum... Parece ótima!!!
    Aqui em Pernambuco seria Creme de Jerimum com carne de charque. :)

    ResponderExcluir
  5. Super brasileira a tua receita e tem um aspecto fantastico!
    Um abraço
    Léia

    ResponderExcluir
  6. Confort food à brasileira! Sempre muito bom!

    ResponderExcluir
  7. Jerimum, abóbora, moranga, de pescoço, sem pescoço...não importa...é uma delícia...e em creme assim fica divina!!!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  8. Natural sou de Manaus Amazonas,meu bom João Mario,e claro não possuo tanta competencia na arte da gastronomia,mas em se tratando de peixes de rio,tucupi,patos e vatapás,ah rebento a boca do balão!

    Bzu mãos suas mestre de cuisinne!

    Viva Vida!

    Ps Com água na boca fiquei!

    Viva Vida1

    ResponderExcluir
  9. Adoro essas comidas... nada rotineiras. Deve estar uma delicia. Parabéns. Dá uma olhada no blog do meu amigo: http://gustreitel.blogspot.com

    Abraços.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo, obrigado pela visita e... volte sempre!